© Nacho Correa

O REI NO EXÍLIO - REMAKE
FRANCISCO CAMACHO
estreia nacional

Qui 25 Jul | 21:30
Teatro Académico de Gil Vicente, Coimbra


















< o espectador define o preço do bilhete
Em 2013 Francisco Camacho recriou a peça "O Rei No Exílio" estreada em 1991 e que no mesmo ano lançou a sua carreira coreógrafica na Europa, aquando a sua apresentação no Festival Klapstuck em Leuven.
A nova versão deste solo conta mais uma vez com a interpretação de Francisco Camacho e a colaboração de Carlota Lagido, que assina agora uma recriação do figurino que concepcionou para esta peça em 1991. Frank Laubenheimer que tem vindo a colaborar em peça recentes de Francisco Camacho como RIP, LOST RIDE e ANDIAMO! assina um novo desenho de luz.

O REI NO EXÍLIO - REMAKE é uma peça baseada no último Rei de Portugal D. Manuel II que se exilou em Inglaterra em 1910. Uma peça que opera sobre a nossa memória e figuras iconográficas, num processo de desconstrução e reconstrução, onde Francisco Camacho expõe um corpo presente que tenta sobreviver a si próprio e uma personagem que é o resultado da justaposição do próprio coreógrafo com Dom Manuel II. A peça desenvolve-se numa linha de tensão de identidades ambiguas e de uma personagem obsessiva, rodeada dos seus vícios triviais, encerrada na sua existência e perdida no vazio dos seus segredos.
É um retrato dum certo Portugal, por vezes irónico, por vezes controverso, onde a solidão e o isolamento são permanentes.


Coreografia e interpretação Francisco Camacho 
Direcção Técnica e Desenho de Luz Frank Laubenheimer 
Consultadoria de voz e interpretação Fernanda Lapa Figurinista e Assistente de ensaios Carlota Lagido 
Cenário Philip Cabau 
Banda sonora Carlos Zíngaro, Ruy Coelho / Natália de Andrade e Nick Cave 
Textos D. Manuel II, António Cabral e Francisco Camacho
Produção EIRA (Lisboa) 

Co-produção FIDCU - FESTIVAL INTERNACIONAL DE DANZA CONTEMPORÁNEA DE URUGUAY (Montevídeu)

A EIRA é uma estrutura financiada pelo Governo de Portugal - Secretário de Estado da Cultura / Direcção Geral das Artes