LAVOISIER
SEX 17 NOV 21:30 // Teatro Esther de Carvalho, Montemor-o-Velho

Lavoisier
© Gui Garrido

Os Lavoisier transformam em arte uma energia que é só deles mas que é urgente descobrir. As suas visões sobre a tradição ultrapassam os conceitos e assumem uma dinâmica própria, num movimento perpétuo – estabelecendo novos paradigmas e formas na música portuguesa. 
Miguel Augusto Silva

Os Lavoisier, que têm como lema "na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma", já contaram com uma plateia mais composta, sentada na relva, e bem o mereceram. Patrícia Relvas e Roberto Afonso são um simpático casal, ela nascida na Guarda, ele de Lisboa, que se inspiraram nas recolhas de Giacometti e no cancioneiro popular português, com versões de uma beleza e contemporaneidade incríveis. Se não os conhecem, procurem-nos (acabam de lançar o primeiro disco de originais, “É Teu”).
Bernardo Mendonça, Expresso

Não há um par tão criativo que desenhe diálogos líricos com a mesma mestria. Uma beleza que percorre os coros e a palavra. Os timbres entrelaçam-se como a paixão que põem na verdade da sua música. Se por um lado o dedilhar da guitarra nos transporta para as ruas da tradição da música popular, pelo outro, a dimensão sónica que criam os vários espaços de toda a atmosfera do disco - ámen, José Fortes! -, levam-nos para um universo único da música portuguesa. As guinadas de tempo, as respirações, a intensidade, tudo é original neste discurso. A minha opinião vale o que vale. No entanto, os Lavoisier merecem a nossa atenção, pois vem aí um disco demasiado importante para que o deixemos passar.
Joaquim Quadros, Vodafone FM




Patrícia Relvas: Voz
Roberto Afonso: Guitarra e voz

M/6; 50'


Lavoisier: bandcamp | facebook | youtube



SEX 17, SAB 18, QUI 23, SEX 24 e SAB 25 NOV, 18:00-21:00 // Quarteirão das Artes, Montemor-o-Velho 

LAVOISIER
SEX 17 NOV 21:30 // Teatro Esther de Carvalho, Montemor-o-Velho

SAB 18 NOV 21:30 // Teatro Esther de Carvalho, Montemor-o-Velho

QUI 23 NOV 21:30 // Teatro Esther de Carvalho, Montemor-o-Velho

SEX 24 NOV 21:30 // Teatro Esther de Carvalho, Montemor-o-Velho 

SAB 25 NOV 21:30 // Galeria Municipal, Montemor-o-Velho 

QUI 30 NOV e SEX 1 DEZ 21:30 // Teatro da Cerca de São Bernardo, Coimbra

SAB 2 DEZ 21:30 // Teatro da Cerca de São Bernardo, Coimbra

QUI 7 DEZ 21:30 // Garagem Auto Peninsular, Figueira da Foz

SEX 8 DEZ 21:30 // Garagem Auto Peninsular, Figueira da Foz

SAB 9 DEZ 21:30 // Garagem Auto Peninsular, Figueira da Foz