RAFAEL ALVAREZ 
NO INTERVALO DE UMA ONDA, seguido de NA ONDA DA DISTÂNCIA
Sex 20 Jul 21:30 // Teatro de Bolso do TEUC, Coimbra

© Elisabeth Vieira Alvarez


NO INTERVALO DE UMA ONDA revela-se através de um diálogo silencioso de escuta e de observação. A experiência estética do exercício da viagem materializa-se numa escrita coreográfica e plástica do invisível, do indizível, do imanente, do efémero, do frágil e do intuitivo. Nesta primeira viagem a Tóquio coleccionam-se e cruzam-se referências e impressões, obras e narrativas que alimentam o espólio de imaginários e imagens em torno do país do Sol nascente. A partir do meu olhar exótico deixo-me guiar pela acumulação de lugares comuns e clichés de uma certa imagem (ocidental) do Japão e simultaneamente mergulho num mar de descobertas e revelações engolido pela megalópole de Tóquio. 

Uma imagem iniciática motiva a criação deste solo, permanecendo invisível, mas presente ao longo do projeto – “A Grande Onda de Kanawaga”, obra icónica do pintor japonês Hokusai criada em 1830 e reproduzida a partir de meados de 1870 através de uma série de litografias partindo da técnica tradicional de estampa japonesa, conhecida por Ukiyo (literalmente, “mundo flutuante”). Neste mundo flutuante nada é demasiado pequeno ou insignificante para deter a nossa atenção. Este solo de sombras, evocações e máscaras cuja onda de Hokusai permite corporalizar é um convite duplo à viagem e à quietude.
RAFAEL ALVAREZ


Direcção Artística, Coreografia, Interpretação, Cenografia, Vídeo e Figurino: Rafael Alvarez
Colaboração Artística (interpretação vídeo): Kotomi Nishiwaki
Direcção Técnica e Desenho de Luz: Nuno Patinho
Gestão e Produção: BODYBUILDERS / Rafael Alvarez
Assessoria de Imprensa: Mafalda Simões
Fotografia de Cena: Elisabeth Vieira Alvarez
Sonoplastia a partir de: Invitation au Voyage de Baudelaire, Unon.To de Yoko Ono, La Mer de Debussy, Sayonara de Irving Berlin (por Miyoshi Umeki)
Coprodução: Festival Temps d'Images/Duplacena e BODYBUILDERS
Apoios em Residência: Ryogoku Bear (Tóquio), Ko Murobushi Archive (Tóquio), Micadanses (Paris), Le Carreau du Temple (Paris), Teatro Municipal do Porto Campo Alegre (Porto), EIRA / Teatro da Voz (Lisboa), O Espaço do Tempo (Montemor-o-Novo)
Acolhimentos: BUoY Arts Centre (Tóquio), Ryogoku Bear (Tóquio), BUKATSUDO (Tóquio),Negócio / ZDB (Lisboa), Auditório Municipal Augusto Cabrita (Barreiro)
Parcerias: Escola das Artes / Universidade de Évora, Escola Superior de Artes e Design – Caldas da Rainha / Instituto Politécnico de Leiria, Escola Superior de Dança / Instituto Politécnico de Lisboa
Patrocínios: FUJIFILM Portugal, Companhia Portugueza do Chá – Vieira & Pinto
Apoio à Internacionalização: Fundação Calouste Gulbenkian
Projecto cofinanciado pela Direcção-Geral das Artes / Governo de Portugal – Ministério da Cultura



[ante-estreia]
NA ONDA DA DISTÂNCIA, de um lado e do outro, dois corpos em forma de haiku navegam em silêncio por uma dança frágil que é onda e maré de encontros e desencontros. Perto e longe, os dois mergulhadores descobrem-se num diálogo invisível de memórias e histórias que não nos pertencendo invadem os nossos imaginários. Um espectáculo de papel desenhado a partir de uma dança aberta de sentidos e mergulhos noutras leituras – longe e perto, mais perto do que longe, a oriente e a ocidente, os dois intérpretes de um e de outro lado do oceano, trazem à superficie um mar de ilusões. Na onda da distância e à distância de uma onda que se aproxima, descobrem e revelam sombras e fantasmas. Nos seus corpos e mundos flutuantes naufragam desejos de memórias invisíveis escritas e respiradas no silêncio do espaço vazio do palco de papel que esconde e revela o movimento que os abraça. E no intervalo de uma onda dão lugar ao encontro (de uma outra onda).
RAFAEL ALVAREZ


Direcção Artística e coreografia: Rafael Alvarez
Criação e interpretação: Rafael Alvarez e Yuta Ishikawa
Direcção Técnica e Desenho de Luz: Nuno Patinho
Produção e Difusão: BODYBUILDERS | Rafael Alvarez
Gestão Financeira: Sara Lamares
Assessoria de Imprensa: Mafalda Simões
Fotografia de Cena: Elisabeth Vieira Alvarez
Coprodução: 23 Milhas – Ílhavo e BODYBUILDERS
Apoios em Residência: Le Carreau du Temple (Paris), Ryogoku Bear (Tóquio), Rimbun Dahan (Malásia), Estúdios Vitor Córdon / CNB (Lisboa), EIRA / Teatro da Voz (Lisboa), O Espaço do Tempo (Montemor-o-Novo)
Acolhimentos: Citemor Festival / TEUC, Ryogoku Bear (Tóquio), FIAR/Cine-Teatro São João (Palmela), Auditório Municipal Augusto Cabrita / Câmara Municipal do Barreiro (Barreiro)
Parcerias: Escola Superior de Artes e Design – Caldas da Rainha / Instituto Politécnico de Leiria, Escola das Artes / Universidade de Évora, CHAIA – Centro de História de Arte e Investigação Artística, Escola Superior de Dança / Instituto Politécnico de Lisboa, FIAR – Palmela, Plural_Companhia de Dança / Fundação LIGA, EIF/E) – Escola Informal de Fotografia (Espectáculo)
Apoio: Camões – Centro Cultural Português em Tóquio / Embaixada de Portugal em Tóquio
Apoio à Internacionalização: Fundação Calouste Gulbenkian


Projecto WAVE é um projecto de dança internacional (Portugal-Japão-França-Malásia) de carácter multidisciplinar (dança/vídeo/fotografia) constituído pelo díptico formado pelo solo "NO INTERVALO DE UMA ONDA" (2017) e pelo dueto "NA ONDA DA DISTÂNCIA" (2018-19). Este projecto dirigido pelo coreógrafo Rafael Alvarez / BODYBUILDERS centra-se na sua pesquisa e criação artística no Japão. Em cena na obscuridade e na luz apenas dois elementos - corpo e papel revelam na sua plasticidade e na sua fragilidade e efemeridade, um ritual simbólico, abstracto e imagético que convida à viagem. A onda de Hokusai assim como as ondas destes dois espectáculos mergulham a Oriente e a Ocidente numa coexistência de leituras e sombras, onde o menos é mais. O projecto traça uma relação simbólica a partir de um conjunto de factos que envolvem a obra de Hokusai e a sua divulgação no Ocidente. Nomeadamente pelo impacto e influência que esta obra provocou no trabalho dos Impressionistas Franceses, na obra musical (La Mer) de Debussy ou no fascínio que Baudelaire revela pela obra/autor em questão e reciprocamente pela inspiração que o movimento do Impressionismo traz à sua obra contribuindo para uma marca revolucionária do ponto de vista pictórico pela escolha de cores menos usuais no contexto japonês (azul prussiano) e pelo desenvolvimento do tema e género da paisagem através dos seus ukiyo-e, constituindo-se desde então numa das primeiras imagens japonesas globalizadas, uma especie de imagem porque viaja através dos tempos. Solo e dueto,complementarizam-se entre si, permitindo um olhar cruzado entre as duas peças, lançando pistas dramatúrgicas e propostas estéticas autónomas mas dialogantes.

O Projecto WAVE integra ainda um conjunto de actividades de formação/criação e de ligação à comunidade, envolvendo maiores de 55 anos e seniores, pessoas com deficiência/diversidade funcional, estudantes do ensino superior artístico e artistas em geral.


www.bodybuilders.pt


I-VO DIMCHEV // LIVE SOLO CONCERT
Qui 19 Jul 21:30 // Teatro Académico de Gil Vicente, Coimbra

RAFAEL ALVAREZ // NO INTERVALO DE UMA ONDA, seguido de NA ONDA DA DISTÂNCIA
Sex 20 Jul 21:30 // Teatro de Bolso do TEUC, Coimbra

Sáb 21 Jul 21:30 // Teatro Académico de Gil Vicente, Coimbra
Qui 26 Jul 22:30 // Teatro Esther de Carvalho, Montemor-o-Velho

Sex 27 Jul 22:30 // Casa Catela, Montemor-o-Velho

Sáb 28 Jul 22:30 // Sala B, Montemor-o-Velho

Qui 2 Ago 22:30 // Garagem Auto Peninsular, Figueira da Foz

Sex 3 Ago 22:30 // Casa Catela, Montemor-o-Velho

Sáb 4 Ago 22:30 // Sala B, Montemor-o-Velho

Qui 9 Ago 22:30 // Teatro Esther de Carvalho, Montemor-o-Velho

Sex 10 Ago 21:30 & 23:00 // Núcleo Museológico do Sal, Figueira da Foz

Sáb 11 Ago 22:30 // Garagem Auto Peninsular, Figueira da Foz

Qui 2 a Sáb 11 Ago // Museu Municipal Santos Rocha, Figueira da Foz


No acesso a todos os espectáculos é o espectador que define o preço do bilhete