Museu Nacional do Teatro e da Dança celebra a Noite Europeia dos Museus com uma nova exposição dedicada ao CITEMOR

O Museu Nacional do Teatro e da Dança inaugura no próximo dia 18 de Maio, às 18h30, “Atlas CITEMOR”, uma exposição organizada em parceria com o CITEMOR, assinalando a existência do mais antigo festival dedicado às mais variadas artes do espectáculo. Ocupando a Galeria de Exposições Temporárias do Museu, a exposição parte da intersecção das acepções de “Atlas” de Aby Warburg e Vilém Flusser, e propõe uma instalação, de natureza não linear, onde o acto contemplativo se cruza com as possibilidades performativas que o arquivo audiovisual do Festival CITEMOR proporciona.

O Festival, que teve a sua primeira edição em 1974, realiza-se anualmente, em Julho e Agosto, em Montemor-o-Velho. Este ano completará a sua 46.ª edição (devido a uns anos de interregno) e leva o seu arquivo ao Museu, o lugar de excelência das memórias do espectáculo. Imagens vídeo do festival, maioritariamente da autoria de Hugo Barbosa, são agora revisitadas por Sergi Faustino que as reorganiza de forma a proporcionar aos visitantes uma experiência de descoberta das diversas dinâmicas que atravessam o CITEMOR. A constelação de imagens que habitam o espaço revelam, não apenas o eixo da criação, pelo qual o festival é publicamente reconhecido, mas também um olhar sobre as motivações dos criadores, bem como um vislumbre dos espaços e ambientes que o evento proporciona.

Com curadoria de Susana Paiva, a exposição inclui também um núcleo de imagens fotográficas que remetem para uma dimensão mais universal do que particular, de forma a alimentar, à imagem de “Atlas Mnemosyne” de Aby Warburg, a possibilidade ficcional de construção de múltiplas narrativas.  São fotografias onde a fronteira entre as dimensões pública e privada, visíveis e invisíveis, se diluem e onde os referentes são apenas pontos de partida que não vinculam um imaginário global a qualquer espectáculo em particular.

© SUSANA PAIVA

Assente na convicção de que o fragmento é já uma representação da potência do todo, inicia-se a instalação no espaço expositivo do Museu Nacional de Teatro e Dança dando destaque ao arquivo de imagens vídeo do festival, maioritariamente da autoria de Hugo Barbosa, e agora revisitado por Sergi Faustino que o reorganiza de forma a proporcionar aos visitantes uma experiência de descoberta das diversas dinâmicas que atravessam o CITEMOR. A constelação de imagens que habitam o espaço revelam não apenas o eixo da criação, pelo o qual o festival é publicamente reconhecido, mas também um olhar sobre as motivações dos criadores, bem como um vislumbre dos espaços e ambientes que o evento proporciona.

Pensada como uma instalação/construção, evolutiva e habitada, que lentamente se alterará, ao longo do tempo de exibição a público, propõe-se uma orgânica em tudo semelhante a um processo de criação onde a dimensão de invisibilidade do objecto artístico será subtilmente contornada através da possibilidade de ser parcialmente testemunhada pelos visitantes da exposição.

Concebida como um espaço de convocação - de memórias, afectos e documentação diversa -, a instalação será vivenciada, ao longo da sua vigência, por alguns dos corpos e vozes que tem contribuído para a edificação do festival. Pretende-se assim que, durante esse tempo, a cumplicidade entre membros da organização, artistas convidados e público diverso se materialize, em novas camadas de sentido, neste “atlas CITEMOR”.


Noite Europeia dos Museus no Museu Nacional do Teatro e da Dança

18 de maio de 2024

Programa:

18H30 – Convocatória (Parte 1) — Testemunhos

Cláudia Galhós, José Manuel Pinheiro, Juan Loriente, Pedro Carraca e Anabela Almeida

(Auditório MNTD)

19H30 – Inauguração da exposição “Atlas CITEMOR”

(Galeria de Exposições Temporárias do MNTD)

20H30 - Festa com VJ por Hugo Barbosa

(Jardins do Palácio de Monteiro-Mor)


Curadoria Susana Paiva

Autores Hugo Barbosa, Sergi Faüstino, Susana Paiva e Neokinok (direção Daniel Miracle)

Mural Atlas | momento zero Joana Batista, Madalena Lima e Susana Paiva

Produção MNTD e Citemor